Cuidando do corpo e da mente

Dieta

Se você está tentando uma nova dieta ou o último exercícios físico da moda, não está tendo resultados e se pergunta o tempo todo: “por que eu não consigo emagrecer?” Saiba que o problema pode estar, justamente, na pergunta, que já vem carregada com um sonoro NÃO. Porque o problema está na sua mentalidade, ou seja, é a sua mente quem influencia diretamente você de adotar um estilo de vida mais saudável e eliminar peso.
E, você até consegue com facilidade seguir o seu plano alimentar da nutri e fazer os exercícios do personal e perder os quilos que precisava e desejava. Só que, em pouco tempo, volta a engordar, tudo de novo.

Eu, como nutricionista há mais de 8 anos, confesso que acreditei por muito tempo que o combo: fazer dieta e exercíco físico era o único método eficaz de emagrecimento. Só que depois que comecei a estudar neurociência (estuda o funcionamento do cérebro), pnl (programação neurolinguística), entendi que o segredo era começar a trabalhar o cérebro do meu cliente para que ele pudesse emagrecer de vez. Geralmente, o que acontece? o nutricionista, o médico e o educador físico tentam mudar o comportamento pelo próprio comportamento.

Mas, só trabalhar o lado racional, não adianta. A pessoa volta a engordar. O segredo do emagrecimento definitivo é mudar os pensamentos e as emoções do cliente. Para você que busca emagrecer e aínda não conseguiu, saiba que é preciso fazer uma reprogramação na sua mente.

Primeira dica: Começe excluindo “não consigo” “não pode”. Porque isso gera para o cérebro uma resposta auto depreciativa, e por consequência, uma desmotivação”
Segunda dica: Para conseguir emagrecer é necessário colocar um significado emocional à sua meta. Porque só “Quero emagrecer é muito fraco, não há sentimento envolvido” e assim não conseguirá emagrecer.
Terceira dica: Troque a dieta do “estou comendo porque a nutricionista mandou” para a “dieta do quero”. É preiciso trabalhar para que o cliente faça a escolha por causa dela, e que ela entenda a importância de ter uma alimentação saudável”.

No meu programa (Mente Magra Corpo Leve) no início do tratamento, eu submeto a cliente a uma série de perguntas para que eu entenda suas emoções e rotina. Aos poucos, eu realizo um trabalho para que ela deixe de comer sempre guiada pelo emocional (porque está triste/ansioso/com companhia). Só depois é que eu abordo com quantos quilos ela se sentiria bem. Desta forma, o processo fica mais leve, sem sofrimento.
Não existe aquela pressão de atingir uma meta imposta por outra pessoa. Entende?

Agora, sempre existem dois lados (caminhos) para quem deseja emagrecer: (1.) o mais fácil e (2.) o mais difícil. O difícil é o de acreditar que ela só precisa trabalhar o corpo com dieta e exercícios. O mais fácil é, antes de trabalhar o corpo, moldar a mente, os pensamentos, que às vezes te sabotam antes mesmo de começar.
Porque o cérebro sempre come antes que a boca. Mas, a fórmula para emagrecer não é pronta: cada pessoa tem o seu caminho a seguir, e ele é mais trabalhoso,
já que o coaching trabalha por meio de perguntas, e não de respostas ou cardápios prontos.

Poliana Fidelis

Estas palavras não são minhas, gostei muito deste post e não tinha como não postá-lo na Íntegra!

Fome Orgânica

A fome orgânica é a fome que sentimos é a fome verdadeira, fisiológica, para o corpo recarregar os estoques de energia. Os sintomas, segundo Natacci, variam de acordo com a pessoa. “Algumas pessoas sentem dor de cabeça, vazio no estômago, tontura, fica de mau humor etc.”

Além dos sintomas, a fome fisiológica aparece de forma gradual, não repentina, e normalmente dá vontade de uma refeição completa, não por um alimento específico.

“Na hora em que a pessoa está comendo, ela se sente bem, pois está suprindo suas necessidades fisiológicas”, acrescenta a nutricionista.

E um ponto importante: o corpo dá sinal quando está saciado.

Fome emocional

Ela bate quando você está ansioso, estressado, entediado. Normalmente vem de uma forma urgente e está ligada a um alimento confortante, como um doce, um pão, carboidratos em geral.

Além disso, a pessoa que come com emoções não consegue parar tão facilmente, mesmo estando saciada.

“O resultado é comer muito mais do que o necessário e, quase que instantaneamente, ter sensação de culpa e tristeza, porque sabe que comeu mais do que deveria”, disse a nutricionista. “A principal consequência dessa fome emocional é o sobrepeso. Se seguíssemos apenas a fome orgânica, a gente não teria muito problema com o peso como temos hoje.”

Outros tipos de fome

Além da fisiológica e da emocional, alguns outros hábitos e pensamentos contribuem para uma alimentação exagerada.

Existe a fome do hábito, que é programada. Se você por exemplo come sempre ao meio-dia, vai reclamar se passar um pouco desse horário. “Mesmo não estando com fome, vai buscar o alimento por causa da rotina”, explica Natacci.

Outra pegadinha é confundir fome com sede. Quando não estamos hidratados, buscamos alimentos para suprir a necessidade de água.

Para não cair nessa, beba ao menos 2 a 3 litros de água ao longo do dia, evitando uma hora antes e uma hora depois das principais refeições.

Também existe a famosa “fome por recompensa”, que entra em ação quando temos um dia cansativo e achamos que “merecemos” um afago. “Não tem problema comer um chocolate de vez em quando, o problema é isso se tornar uma rotina”, acrescenta a nutricionista do CRN-3.

Outra “falsa fome” aparece quando associamos o prazer do lazer com o prazer da comida. Por exemplo, aquela pipoquinha que não pode faltar quando se assiste a um filme no cinema, ou aquele petisco que te acompanha nas maratonas de séries.

Como podemos mudar isso?

Identificar os diferentes tipos de fome — e principalmente qual o verdadeiro — é o primeiro passo para mudanças. Mas não basta. Afinal, agora que você sabe que come por outros motivos além da fome, como mudar isso?

Você precisa prestar atenção ao se alimentar. “Quando estamos mais conscientes do que comemos, sentimos nossas sensações orgânicas e nos conectamos com o nosso organismo.”

Por isso, nada de distração na hora das refeições, o que inclui parar de checar mensagens no celular, ver TV, assistir séries, entre outras. Um estudo da Universidade Federal de Lavras (UFLA) revelou que, em comparação à refeição sem distrações, se entreter com o smartphone ou com um livro enquanto se come pode aumentar o consumo de calorias em até 20%.

“No momento que você tem um fator distrator, você não presta atenção na quantidade de alimento que você está ingerindo”, disse ao G1 o coordenador do estudo, o professor Luciano José Pereira, do Departamento de Ciências da Saúde da Universidade. “E o nosso centro da saciedade leva em consideração não só o aspecto fisiológico daquilo que foi ingerido, mas também o efeito da própria memória.”

Além das distrações, evite comer apressado, em uma reunião, no carro ou na frente do computador. “Você precisa estar com toda sua atenção na comida”, aconselha Lara Natacci.

Outra dica é aguçar seus 5 sentidos na hora de comer: sentir o cheiro, ouvir o barulho, ver o alimento e, se possível, até tocá-lo. “Agir como um verdadeiro expert da culinária, identificar os preparos, os temperos. Isso vai te dar mais prazer e saciedade.”

Fazer pequenas pausas e mastigar bem também ajuda a aumentar o tempo da refeição, uma vez que nosso cérebro demora alguns bons minutos para perceber que estamos saciados.

Como controlar a fome emocional?

Sabendo que a sua fome é puramente emocional ou motivada pela rotina, a nutricionista aconselha listar uma série de atividades alternativas. “A pessoa pode ler um livro, brincar com uma criança ou um animal, tomar um banho, o importante é achar outras atividades prazerosas além da comida”, disse a nutricionista do CRN-3.

Se a fome desaparecer, após fazer uma dessas atividades, é porque ela era mesmo emocional. Se a fome insiste, faça um lanchinho com calma, prestando atenção na comida. Por fim, se depois de seguir todas estas dicas e a vontade pelo chocolate não desaparecer, não encane — é normal comer mais em alguns dias, e menos em outros.

“Se você tem uma alimentação equilibrada, tem que se permitir. Isso não é proibido. Melhor comer o doce do que ficar substituindo e comendo diversos alimentos”, finalizou Lara Natacci.

Quem merece o crédito: Site

saudável.jpg

Mude sua mente, mude sua vida

Um livro dinâmico e divertido que ensina como mudar hábitos nocivos de alimentação e como criar hábitos novos e construtivos para emagrecer e manter-se magro a vida toda. Leitura fácil, gostosa e muito prática de como emagrecer sem sacrifícios e se tornar magro na mente e não somente temporariamente no corpo. Emagreça inicialmente pela cabeça e alcance o corpo dos sonhos e seja Feliz em definitivo sendo aquilo que realmente deseja ser!

Curso mude sua mente, mude sua vida              Desafio emagrecimento inteligente        Abra os olhos    Dieta 21 dias

 A Dieta de 21 dias é um Método Inovador e Cientificamente Comprovado para VOCÊ perder de 5 a 10 quilos de Gordura Corporal em Apenas 21 dias – 100% Garantido. Agora Finalmente VOCÊ pode perder peso, queimar Gordura, reduzir a sua cintura, acelerar o seu metabolismo, ter um cabelo, pele e unhas mais saudáveis, melhorar o seu tônus muscular, aumentar a sua energia, reduzir a celulite, melhorar os níveis de colesterol e desfrutar de muitos outros Benefícios seguindo o Método passo a passo da Dieta de 21 dias. Tudo isso de Forma Fácil e Saudável. Sem passar fome, sem tomar remédios prejudiciais, sem se matar de fazer exercícios monótonos e chatos e sem colocar a sua saúde em risco. A Dieta de 21 dias foi desenvolvida pelo Dr. Rodolfo Aurélio (Naturopata com Formação Internacional) e tem Ajudado Centenas de Pessoas a atingir seus objetivos de Perda de Peso – mais rápido do que qualquer outra dieta que existe no mercado.

Livro Ebook: Abra Seus Olhos Já pensou na possibilidade de enxergar melhor sem óculos ou cirurgias? Ela existe. Com pequenas atitudes no seu dia a dia, desfazendo mitos, você poderá aumentar o foco e a nitidez tanto para perto quanto para longe. Bom demais para ser verdade? Aceite o desafio, experimente, Abra seus olhos, transforme sua visão e tenha uma nova vida, sem limitações. É simples! Tudo o que você precisa está em você e nas práticas que este livro propõe. Faça como mais de 7 mil pessoas que já ampliaram sua visão e seu mundo por meio desse Método.

Por favor, se você gostou do post, não deixe de contribuir com seu comentário, assim, me sentirei mais motivada para escrever sabendo também o que você pensa. Contribua com sua opinião.

Visite também estes aprendizados , Cursos que eu indico  tem cursos superinteressantes e fáceis, que podem fazer de você um grande profissional ou mesmo ampliar os seus conhecimentos. Espero que te tragam um bom retorno.

Um beijo da Patty

Anúncios

2 comentários em “Cuidando do corpo e da mente

Gratidão por sua visita!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: