A importância de resistir á inveja

Só os amigos traem, os inimigos não podem fazê-lo, pois não confiamos neles. “Mestre DeRose”

Se você conseguir um bom relacionamento afetivo com o seu parceiro, o que não vai faltar são os falsos amigos e, principalmente, as falsas amigas que em conversas íntimas procurarão descobrir um ponto fraco para inocular ali sua peçonha. Primeiramente, procure minimizar os pontos fracos. Depois, não deixe ninguém saber quais são eles. Disfarce-os como se disso dependesse a sua própria vida – e ela depende mesmo!

Quanto mais íntimo o amigo, mais perigoso será. Elimine o mau hábito de trocar confidências. Se isso for possível, que suas confidências sejam pensadas dez vezes – e filtradas outras dez  – antes de você entregar de mão beijada a sua vulnerabilidade, ainda que ao seu melhor amigo.

Quando surgirem os inevitáveis comentários maldosos excretados pelos amigos, dê um show de dignidade e mostre-se superior. Mostrar-se superior não é responder com garras afiadas sempre prontas a devolver a agressão. também não é fingir que não escutou. superioridade é deixar vir de dentro aquela estrutura invulnerável e responder no ato com um gracejo tão espirituoso que o futriqueiro sinta-se levemente constrangido pelo comentário, mas acabe rindo contagiado pelo seu humor ao tratar do caso, isso, sim, é superioridade.

0b80ef7b90248573ccf19de0f005a159

Imagine a situação: sua melhor amiga lhe informa que flagrou o seu parceiro com uma mulher em um shopping center. Faça uma cara inesperada para a fofoqueira. Levante as sobrancelhas, abra bem os olhos e num sorriso pergunte:

-Era bonita?

-Era linda, querida.

-Ah! Que bom! Se fosse feia eu iria me ofender.

E rindo mude de assunto. Isso em geral faz com que a boateira perca a força e todos se descontraiam. Mas há algumas que não se dão por achadas e continuam insistindo no mesmo assunto. neste caso a saída é dizer, sempre sorrindo, algo como:

-Ô! Vê se você se toca. Não percebe que está sendo inconveniente?

E vire lhe as costas.

Depois desse show de superioridade, não vá engolir o anzol. Não vá se esquecer da razão para ter aplicado essa sofisticada humanas técnica de relações e, mais tarde, brigar com o parceiro.

Extraído do livro – Alternativas de relacionamentos afetivo –  Mestre DeRose

Anúncios

Gratidão por sua visita!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: